quinta-feira, 22 de junho de 2017

Interação e diversão: quando a gente paga (feliz) para fazer o produto





Esse titulo pode parecer meio dissertação de mestrado, mas é que comentando com amigos sobre algumas coisas "diferentes" que temos feito aqui na área de Orlando, me dei conta que muitas delas envolviam pagar para nos mesmos fazermos o produto final... Ja explico.

Eu falei brevemente sobre o Painting with a Twist nesse post aqui, mas resumidamente se trata de uma aula de pintura em tela que envolve grupos de desconhecidos, normalmente numa "loja" da marca (no caso, na loja do Painting with a Twist) ou em bares/restaurantes, onde enquanto todos pintam o mesmo quadro, bebidas alcoólicas são servidas (drinks, cerveja, vinho, etc). 

Você escolhe a noite que quer ir com base no desenho que será feito: tem noites de casais, onde uma pessoa pinta parte do quadro e a outra pinta a outra metade (dois quadros que se complementam):







Ou noites individuais onde cada um pinta a sua própria tela (e ai sim, é meio que importante decidir a noite que você esta indo com base num desenho que te interesse...). Eu me interesso por vários!

Um quadrinho para uma noite mexicana...


Ou uma cerejeira numa lua azul...


Ou uma garrafa de hortênsias!

O custo do material da pintura esta todo incluso, as bebidas não - mas normalmente são vendidas com preços promocionais (descontos ou bogo - buy one, get one free).




Além dessas aulas de pintura, existem outros "temas" com o mesmo conceito:  

Plant Nite:

Ate onde eu sei, plant nite é sempre num barzinho/restaurante: diferente das aulas do Painting with a Twist, eles não tem loja própria. Então o negocio é entrar no site e ver onde e quando vai ter aula, e o tema da aula - assim como a pintura, todo mundo vai fazer o mesmo design - a diferença é que com plantas os temas são "suculentas em cubo de madeira de demolição", ou "terrarium de vidro com pedras e cactos", etc.



Porch Pottery:

Pra quem curte uma ceramica, esse é o lugar! Eles tem aulas fixas, aulas "casuais" e horários de oficina aberta. Para os "date nights" que são essas "aulas" mais casuais, você tem 2 a 4 semanas para completar sua peça. Você pode levar sua própria comida/bebida, e eles também vendem pecas prontas (inclusive nos farmer's market da área). Um barato!








LA Sweetz Cupcake Decorating:

A LA Sweetz é uma franquia de cupcakes que vira e mexe oferece aulas de decoração de cupcakes. Se você ja assistiu Cupcake Wars talvez ate conheça um pouco da historia deles - mas o que mais me atrai é o ambiente: parece que você esta vivendo dentro de um cupcake enquanto na loja... O aroma, o ambiente, as pessoas... DELICIA!



Peterbrooke Chocolatier Classes:

A Peterbrooke é uma chocolataria local, e eles vendem alem de chocolates deliciosos, sorvetes e maças do amor. Se você ja viu uma maça do amor americana sabe que elas não são nada parecidas com as brasileiras - elas normalmente são imersas em caramelo e cobertas com M&Ms ou nozes ou Oreos ou qualquer outra delicia que seu coração mandar! E a oportunidade de fazer arte em chocolate ou uma maça do amor exatamente do seu jeito fica aberta nessa doceria M-A-R-A! Apesar de nunca ter participado de uma aula, sou consumidora assídua!



Entenderam a idéia né?


Se seu negocio não é cozinhar, você não vai curtir uma aula de culinária. Ou de mixologia. Por outro lado, se você é dessas pessoas que gosta de colocar a mão na massa, muitas vezes literalmente, vai ser difícil achar uma opção de entretenimento que bata qualquer uma dessas acima! Eu, apaixonada por essas coisas, e mesmo nem sempre tendo habilidade suficiente para tal, adoro!



segunda-feira, 19 de junho de 2017

Recordar é viver: Bodas de Papel





Eu lembro como se fosse hoje das nossas bodas de papel: viajamos num desses cruzeiros para o Caribe e foi top!


Esse cabelo curtinho... quem sabe não volta num futuro próximo?

Mas o que eu mais lembro dessa época é que tínhamos acabado de voltar oficialmente para os Estados Unidos, com toda documentação em ordem, e prontos para, de fato, começar a vida aqui.

Depois de uma temporada de quase 6 meses no Brasil, estávamos ansiosos pela chegada aqui, ja que teríamos que recomeçar mesmo: novos empregos, nova casa, nova vida...

O engraçado é que a única coisa certa que tínhamos na cabeça era fazer esse cruzeiro e comemorar nosso primeiro ano de casados. Eu sei que pode parecer super irresponsável que tenhamos priorizado o lazer/diversão, porém acho que sabíamos no fundo, no fundo que seria melhor recomeçar nossa historia aqui com o pé "direito", com uma memória positiva e relaxada.


E relaxados estávamos...

E assim foi: passeamos muito pelas cidades que paramos - fizemos excursão para conhecer Grand Cayman, alugamos uma lambreta em Cozumel, participamos de atividades no navio... 










Quando chegamos, fizemos nossa tradicional "cara de acabou" e partimos para vida. 





Em menos de 1 mês estávamos ambos (bem) empregados e escrevendo nossa historia americana... Bom jeito de celebrar o primeiro aniversario de casamento né?